Congressos ESPM, XI Congresso Internacional de Administração e Marketing

Tamanho da fonte: 
Geração Alfa e as Possibilidades de Futuras Pesquisas em Marketing
Verônica Alves de Oliveira, Breno de Paula Andrade Cruz

Última alteração: 2016-11-17

Resumo


Este ensaio teórico apresenta o conceito de Geração Alfa, composta por indivíduos nascidos a partir de 2010, com o objetivo de propor estudos de comportamento do consumidor no Brasil. Algumas das principais características dos membros deste grupo são analisadas, entre as quais destacam-se: altamente conectados à tecnologia; possuem maior análise crítica, em função da disponibilidade de informações, associada a um maior nível de educação; e utilizam plataformas digitais no consumo, influenciando na Experiência do Usuário. São apontadas, brevemente, as perspectivas de consumo de algumas gerações como Baby Boomers, X, Y, Z e C. Busca-se evidenciar algumas particularidades referentes ao consumo da Geração Alfa, que na maioria das vezes são construídas por especialistas e pela mídia, tornando possível a projeção de um padrão de comportamento para estas pessoas nos próximos anos. Portanto, a contribuição deste trabalho é discutir o conceito de Geração Alfa na perspectiva de consumo, expondo ao final algumas questões para futuras pesquisas na área de Marketing.

Palavras-chave


Geração Alfa; Comportamento do Consumidor; Tecnologia

Referências


AGRELA, L. 6 apps para fazer compras no supermercado. Revista Exame, 2012. Disponível em: <http://exame.abril.com.br/blogs/aplicativos/iphone/6-apps-para-fazer-compras-no-supermercado/>. Acesso em: 10 abr 2016.

ALDERMAN, L.; YARDLEY J. Paris Terror Attacks Leave Awful Realization: Another Massacre. The New York Times, 2015. Disponível em: <http://www.nytimes.com/2015/11/14/world/europe/paris-terror-attack.html>. Acesso em: 18 mar 2016.

ANSON, M. Business Models in Asset Management Part II: Sherlock Holmes and the Case of Alpha Generation. The Journal of Investing, v. 16, n. 4, p. 11-24, 2007.

BARBOSA, C.; CERBASI, G. Mais tempo, mais dinheiro: estratégias para uma vida mais equilibrada. Rio de Janeiro: Sextante, 2014.

BOONE, L. E.; KURTZ, D. L. Marketing contemporâneo. 12. ed. São Paulo: Cengage Learning, 2009.

BOTELHO, D.; BOURGUIGNON, M. F. M.; CRUZ, B. P. A. Está a tríade familiar convergindo em suas percepções sobre a influência do adolescente na decisão de compra?. Revista de Negócios, v. 11, n.1, p. 66-76, 2006.

BRADLEY, D. The new influencers. PRWeek U.S. Edition, 2016. Disponível em: <http://www.prweek.com/article/1379310/new-influencers>. Acesso em: 25 mar 2016.

CAKEBREAD, C. The Alpha Generation. Canadian Investment Review, v. 19, n. 4, p. 5, 2006.

CRUZ, B. P. A. Curtir, Comentar, Compartilhar: Redes Sociais Virtuais e TV no Brasil. Curitiba: CRV, 2016.

______.; BOTELHO, D. Proposition of the relational boycott. Management Research: The Journal of the Iberoamerican Academy of Management, v. 13, n. 3, p. 315-333, 2015.

COLEN, M. Você sabe o que é a geração C?. Matheus Colen, 2015. Disponível em: <http://www.matheuscolen.com/2015/04/29/voce-sabe-o-que-e-a-geracao-c/>. Acesso em: 23 jan 2016.

DAGOSTIN, D; RIPPA, R. A utilização das TDICs como ferramenta interativa no processo de ensino-aprendizagem da disciplina química no ensino superior. In: SIED-EnPED. Universidade Federal de São Carlos, São Paulo, 2014.

DORLASS, C. W.; MARQUES, F. C. S. Por que e como utilizar um celular para dar aula. In: Congresso Educasul. Santa Catarina, 2011.

EBSTER, C.; NEUMUELLER, D; WAGNER, U. Children’s influences on in-store purchases. Journal of Retailing and Consumer Services, 2009. Disponível em: <http://www.fyiliving.com/wp-content/uploads/2010/12/childrensinfluenceon.pdf> Acesso em: 28 mar 2016.

ERICKSON, T. How mobile technologies are shaping a new generation. Harvard Business Review, 2012. Disponível em: <https://hbr.org/2012/04/the-mobile-re-generation>. Acesso em: 28 mar 2016.

FERREGUETT, C. Criança e propaganda: os artifícios linguísticos e imagéticos utilizados pela publicidade. São Paulo: Baraúna, 2009.

FRIEDMAN, M. Consumer Boycotts: Effecting change trough the marketplace and the media. New York: Routledge, 1999.

GOUVÊA, P. A geração C. Revista Superinteressante, 2010. Disponível em: <http://super.abril.com.br/blogs/tendencias/a-geracao-c/>. Acesso em: 18 jan 2016.

HARDEY, M. Generation C: content, creation, connections and choice. International Journal of Market Research, v. 53, n. 6, 2011.

HOWE, N. The Silent Generation, The Lucky Few. Forbes, 2014. Disponível em: <http://www.forbes.com/sites/neilhowe/2014/07/30/the-g-i-generation-and-the-triumph-of-the-squares-part-2-of-7/#60cce2021a1d>. Acesso em: 20 fev 2016.

IGARZA, R. Nuevas formas de consumo cultural: Por qué las redes sociales están ganando la batalla de las audiencias. Revista Comunicação, Mídia e Consumo – ESPM, v. 7, n. 20, p. 59-90, 2010.

JENKINS, R. L. The influence of children in family decision-making: parents’ perceptions. Advances in Consumer Research, v. 6, n. 1, p. 413-418, 1979.

KERIN, R. A.; HARTLEY, S. W.; BERKOWITZ, E. N.; RUDELIUS, W. Marketing. 8. ed. São Paulo: McGraw-Hill, 2007.

KLEIN, J. G.; SMITH, N. C.; JOHN, A. Why we boycott: Consumer motivations for boycott participation. Journal of Marketing, v. 68, p. 92-109, 2004.

MANNHEIM, K. Essays on the sociology of knowledge. London: RKP, 1952.

MARCHESE, J. The short shelf life of generation X. The New York Times, 1995. Disponível em: <http://www.nytimes.com/1995/06/18/style/the-short-shelf-life-of-generation-x.html>. Acesso em: 12 mar 2016.

MARTINS, R. A vez da geração C. Revista Galileu, 2013. Disponível em: <http://revistagalileu.globo.com/Revista/Common/0,,EMI339144-17770,00-A+VEZ+DA+GERACAO+C.html>. Acesso em: 20 jan 2016.

MCCRINDLE, M. Future of Fresh: Transforming the fresh food landscape over the next 20 years. McCrindle Research Survey, 2014. Disponível em: <http://www.woolworthslimited.com.au/icms_docs/137928_The_Future_of_Fresh.pdf>. Acesso em: 20 mar 2016.

______. Generation Alpha: Mark Mccrindle Q & A With The New York Times. The McCrindle Blog, 2015. Disponível em: <http://mccrindle.com.au/the-mccrindle-blog/tag/youth/>. Acesso em: 20 dez 2015.

______.; WOLFINGER, E. The ABC of XYZ: understanding the global generations. Sydney: UNSW Press, 2009.

MCGRIFF, J. A. A. Conceptual Topic in Marketing Management: The Emerging Need for Protecting and Managing Brand Equity: The Case of Online Consumer Brand Boycotts. International Management Review, v. 8, n. 1, p. 49-54, 2012.

MEYER, C. Uma vitrine de três polegadas. Revista Exame, v. 44, n. 5, p. 62-66, 2010.

MONTEIRO, R. Os elementos que constroem a experiência do usuário (UX). E-Commerce Brasil, 2015. Disponível em: <https://www.ecommercebrasil.com.br/artigos/os-elementos-que-constroem-a-experiencia-do-usuario-ux/>. Acesso em: 03 abr 2016.

OLIVEIRA, S. Geração Y: O nascimento de uma nova versão de líderes. São Paulo: Integrare, 2010.

ONU. Acordo global sobre mudança do clima é adotado em Paris. ONUBR, 2015. Disponível em: <https://nacoesunidas.org/acordo-global-sobre-mudanca-do-clima-e-adotado-em-paris/>. Acesso em: 10 mar 2016.

PANKRAZ, D. Introducing generation C the connected collective consumer. Nielsen, 2010. Disponível em: <http://www.nielsen.com/us/en/insights/news/2010/introducing-gen-c-the-connected-collective-consumer.html>. Acesso em: 10 fev 2016.

PICKETT, P. Who is Generation C? – Characteristics of Generation C – How Can You Categorize These Digital Natives?. About Carreers, 2014. Disponível em: <http://jobsearchtech.about.com/od/techindustrybasics/a/Generation_C.htm>. Acesso em: 03 fev 2016.

PIEL, S.; CAZI, E.; SEELOW, S. Attentats de Paris: l’assaut du Bataclan, raconté heure par heure. LeMonde, 2015. Disponível em: <http://www.lemonde.fr/attaques-a-paris/article/2015/12/30/13-novembre-l-assaut-du-bataclan-heure-par-heure_4839440_4809495.html>. Acesso em: 18 mar 2016.

RIOLOGIA. Geração A. Riologia, 2012. Disponível em: <http://www.riologia.com.br/blog/event/geracao-a/>. Acesso em: 28 dez 2015.

ROMERO, S. As a Boom Fades, Brazilians Wonder How It All Went Wrong. The New York Times, 2015. Disponível em: <http://www.nytimes.com/2015/09/11/world/americas/brazils-economic-crisis-intensifies-raising-pressure-on-president.html>. Acesso em: 17 mar 2016.

SALVATORE, J. Stung Together. The New York Times, 2010. Disponível em: <http://www.nytimes.com/2010/01/10/books/review/Salvatore-t.html?_r=0>. Acesso em: 28 dez 2015.

SANTOS, A. P. S.; YAMAGUCHI, C. K. Instrumentos para a gestão do conhecimento: um estudo entre as gerações. Periódicos Unesc, 2015. Disponível em: <http://periodicos.unesc.net/seminarioECPE/article/view/2126/2015>. Acesso em: 03 abr 2016.

SANTOS, F. M. V.; FREITAS, S. F. Avaliação da usabilidade de ícones de aplicativo de dispositivo móvel utilizado como apoio educacional para crianças na idade pré-escolar. Revista da Associação Brasileira de Ergonomia, v. 10, n. 1, 2015.

SCHIFFMAN, L. G.; KANUK, L. L. Comportamento do Consumidor. 9. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2009.

SCHNEIDER, J. How to Market to the iGeneration. Harvard Business Review, 2015. Disponível em: <https://hbr.org/2015/05/how-to-market-to-the-igeneration>. Acesso em: 15 mar 2016.

SOLOMON, M. R. Consumer behavior: buying, having and being. 10. ed. Pearson, 2013.

VEIGA NETO, A. R.; SOUZA, S. L. B.; ALMEIDA, S. T.; CASTRO, F. N.; BRAGA JÚNIOR, S. S. Fatores que influenciam os consumidores da geração Z na compra de produtos eletrônicos. RACE: Revista de Administração, Contabilidade e Economia, v. 14, n. 1, p. 287-312, 2015.

VIDOTTI, J. A. Como gerenciar três diferentes gerações em uma empresa?. Harvard Business Review Brasil. Junho, 2013. Disponível em: <http://hbrbr.com.br/como-gerenciar-tres-diferentes-geracoes-em-uma-empresa/>. Acesso em: 19 mar 2016.

VIÑALS, J. Global Financial Stability: Vulnerabilities, Legacies, and Policy Challenges. The Huffington Post, 2015. Disponível em: <http://www.huffingtonpost.com/jose-vinals/global-financial-stabilit_b_8258584.html?utm_hp_ref=global-economic-crisis>. Acesso em: 11 mar 2016.

VONNEGUT, K. Speech to Class of 1994: Syracuse University Commencement, 1994.  Disponível em: <http://versailles1.tripod.com/syracuse.html>. Acesso em: 11 fev 2016.

WILLIAMS, A. Meet Alpha: the next ‘Next generation’. The New York Times, 2015. Disponível em: <http://www.nytimes.com/2015/09/19/fashion/meet-alpha-the-next-next-generation.html?_r=1>. Acesso em: 02 abr 2016.

______. Move over, Millennials, here comes generation Z. The New York Times, 2015a. Disponível em: <http://www.nytimes.com/2015/09/20/fashion/move-over-millennials-here-comes-generation-z.html?_r=0>. Acesso em: 18 mar 2016.

 


Texto completo: Baixar PDF